Bem vindo,
Visitas desde 2010: 96675
Atendimento ao Cidadão: (33) 3723-1717
Institucional
Serviços
Imprensa
Cidade
Informações
Dados do Municipio

JACINTO


I. Caracterização

 

Localização: JEQUITINHONHA/MUCURI

 

Área: 1395,3 Km2

 

Altitude:

 

máxima:

922 m

 

local:

Div. Munic. Rubim

 

mínima:

165 m

 

local:

Foz Corrego Enxadao

 

ponto central da cidade: 200 m

 

 

Temperatura:

 

média anual:

24 C

 

média máxima anual:

0 C

 

média mínima anual:

0 C

 

 

Índice médio pluviométrico anual:  682 mm

 

Relevo:

 

topografia

%

 

Plano:

20

 

Ondulado:

60

 

Montanhoso:

20

 

 

Principais rios: 

 

RIO JEQUITINHONHA
RIBEIRAO JACINTO

 

 

Bacia: BACIA RIO JEQUITINHONHA

 

 

II. Finanças

 

Arrecadação Municipal  1998-2001

 

ANOS 

ICMS 

OUTROS 

TOTAL 

1998

80.404

124.388

204.792

1999

101.992

135.251

237.243

2000

134.223

137.301

271.524

2001

93.635

167.893

261.528

 

 

Fonte: Secretaria de Estado da Fazenda

 

 

III. População

 

População Residente

 

1970,1980,1991,2000,2002

 

ANOS 

URBANA 

RURAL 

TOTAL 

1970

3.910

10.254

14.164

1980

4.636

7.201

11.837

1991

6.630

5.539

12.169

2000

8.700

3.367

12.067

2002(1)

 

 

12.070

 

 

Fonte: Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)
(1) Dados preliminares

 

 

População Ocupada por Setores Econômicos

 

1991

 

SETORES

No. DE PESSOAS

Agropecuário, extração vegetal e pesca

2.079

Industrial (1)

378

Comércio de Mercadorias

279

Transporte e Comunicação

61

Outros  Serviços (2)

819

TOTAL

3.616

 

 

Fonte: Fundação Instituto de Geografia e Estatística - IBGE
(1) Inclui indústria de transformação, construção e outras atividades industriais
(2) Inclui prestação de serviços, social, administração pública, serviços auxiliares de atividades econômicas e outras atividades

 

 

IV. Transportes

 

Rodoviário

 

Distâncias aproximadas aos principais centros (Km):

 

 

Belo Horizonte: 781

 

Rio de Janeiro: 1.045

 

São Paulo: 1.355

 

Brasília: 1.320

 

Vitória: 910

 

 

 

 

Principais rodovias que servem de acesso a Belo Horizonte:

 

 

BR-367, BR-381, BR-116, BR-367

 

 

Principais rodovias que servem ao município:

 

 

BR-367, MG-405

 

 

Municípios limítrofes:

 

 

JORDANIA
BANDEIRA
ALMENARA
RUBIM
SANTO ANTONIO DO JACINTO
SANTA MARIA DO SALTO
SALTO DA DIVISA

 

 

 

 

V. Atividades Econômicas

 

Principais empresas industriais classificadas segundo o número de empregados (1999)

 

- FABRICACAO DE PRODUTOS DE MINERAIS NAO-METALICOS:
CERAMICA FERRAZ LTDA.

 

Agropecuária

 

Principais Produtos Agrícolas    2001

 

Produto 

Área colhida (ha) 

Produção (t) 

Rendimento médio (kg/ha) 

Banana (2)

20

20

1.000,00

Cana-de-acucar

50

2.500

50.000,00

Cafe

29

20

689,66

Feijao (1a.safra)

150

54

360,00

Feijao (2a.safra)

20

8

400,00

Laranja (1)

3

120

40.000,00

Mandioca

500

6.000

12.000,00

Milho

200

132

660,00

 

 

Fonte:Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)
(1) Produção em mil frutos e rendimento em frutos/ha
(2) Produção em mil cachos e rendimento em cachos/ha

 

 

 

 

 

 

Pecuária - Principais Efetivos

 

2000

 

ESPECIFICAÇÃO 

No. DE CABEÇAS 

ASININOS

1.058

BOVINOS

50.145

BUBALINOS

204

CAPRINOS

170

EQUINOS

2.703

GALINACEOS

19.545

MUARES

985

OVINOS

735

SUINOS

4.090

 

 

Fonte: Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

 

 

 

 

 

 

Produto Interno Bruto (PIB) a preços correntes

 

 

 

Unidade R$

 

1995 

1996 

1997 

1998 

1999 

16.744.785

22.020.675

24.225.553

22.040.658

23.258.444

 

 

Fontes:

Fundação João Pinheiro (FJP)
Centro de Estatística e Informações (CEI)

 

 

 

VI. Armazenagem

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VII. Reservas Minerais

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VIII. Ensino

 

1o. GRAU
2o. GRAU

 

Ensino Profissionalizante (e/ou Pós-médio): (2002)

 

 

CURSO 2o GRAU (SEM HABILITACAO),

 

 

 

 

 

 

 

 

Fontes:

Centro de Produção e Administração de Informações - CPRO/SEE
Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP/MEC

 

 

 

IX. Comunicações

 

Telefone:

Concessionária: CTGV

 

 

Emissoras de Rádio: 2 (2001)

 

X. Energia Elétrica

 

Concessionária: CEMIG

 

Consumo
1997-2001

 

CLASSE

1997

1998

1999

2000

2001

Industrial
consumo (KWh)
n° consumidores


46470
13


60099
13


79723
19


82273
18


91793
17

Comercial
consumo (KWh)
n° consumidores


503609
217


479702
220


488920
234


559050
241


545899
252

Residencial
consumo (KWh)
n° consumidores


1578377
2287


1813431
2378


1895108
2437


1994677
2521


1845374
2649

Rural
consumo (KWh)
n° consumidores


283730
163


292914
160


317091
163


341686
175


340486
181

Outros
consumo (KWh)
n° consumidores


852527
73


917656
72


897066
72


891492
73


820479
72

Total
consumo (KWh)
nº consumidores


3264713
2753


3563802
2843


3677908
2925


3869178
3028


3644031
3171

 

 

Fonte: Companhia Energética de Minas Gerais - CEMIG

 

 

XI. Água e Esgoto

 

Concessionária Água: COPASA (2002)

 

Concessionária Esgoto: Prefeitura Municipal (2002)

 

 

 

Fonte: Companhia de Saneamento de Minas Gerais

 

 

XII. Serviços

 

Saúde: (2001)

 

 

1 hospital(is)
24 leito(s)

 

Fonte: SUS - Ministério da Saúde

 

 

 

Hotéis: 0 2000

 

Fonte: Associação Brasileira de Indústria de Hotéis - ABIH

 

 

Instituições Financeiras: (2001)

 

 

BANCO DO BRASIL S.A.,

 

Fonte: Banco Central do Brasil

 

 

 

 

 

XIII. Distrito Industrial

 

 

 

 

 

XIV. Mapa

 

 

 

 

 

Fonte: IGA (Instituto de Geociência Aplicada) em 10/05/1999

 

 

XV. História

 

Na fronteira com o Estado da Bahia, Norte de Minas, Região do Médio jequitinhonha, Microrregião Pastoril de Almenara, o município é um destacado exportador de gado de corte. As prais do Rio Jequitinhonha, com suas areias brancas, e a serra Misteriosa, numa altitude de mil metros , são os principais pontos de lazer e turismo. A cidade-sede fica a 830 quilômetros de Belo Horizonte, pela BR-367. Segundo a tradição, por volta de 1900, um cidadão chamado Jacinto faleceu nas cabeceiras do córrego que banha a região, fato que motivou a denominação do mesmo. Em 1912, José Lúcio, vindo de Campinas e de passagem por aquelas paragens, encanta-se com o local. Isso o leva a adquirir uma faixa de terra do coronel João Cunha, a qual se estendia do córrego das Farinhas até a atual cidade de Jacinto. Em 1919, é construída a primeira casa na região e, em 1920, inicia-se um povoado, que recebe a denominação de Barra do Jacinto. O povoado é elevado à categoria de distrito em 1938 e recebe sua atual denominação. Em 1943, é elevado a município. Jacinto oferece ao turismo ecológico as praias do Jequitinhonha e a escalada da serra Misteriosa, com 1.000m de altitude. São dignas de nota também suas Folias de Reis, em janeiro, e as festas juninas.

 

 

 

Fonte: Secretaria da Cultura em 01/10/1999

 

 

 

 

 

 

Notícias Relacionadas
  • Câmara Municipal Presta Homenagem à Monique Tupy
  • Polícia Militar Apresenta Gestão de Dados Operacionais do Ano de 2017
  • Presidente da Câmara assume Interinamente a Prefeitura
  • Prova de Estágio da Câmara Municipal de Jacinto
  • Instalação e Posse da Diretoria da Subseção da OAB/MG em Jacinto
  • Consulta Pública Sobre o Parque da Misteriosa
  • Reciclando Atitudes, Repensando o Futuro
  • Audiência Pública Sobre Criação do Parque Estadual da Pedra Misteriosa
  • Passeata Contra a reforma da Previdência
  • Governo de Minas entrega 61 ônibus escolares e 74 ambulâncias para municípios da região
Câmara Municipal de Jacinto/MG
Av Antônio Quaresma,10 Centro/(33) 3723.1717
© 2017 - Todos os direitos reservados | sec@camarajacinto.mg.gov.br