Bem vindo,
Visitas desde 2010: 98860
Atendimento ao Cidadão: (33) 3723-1717
Institucional
Serviços
Imprensa
Cidade
Informações
Política
Postado em: 25/05/2015 às 19h18
Plenário da Câmara vai analisar reforma política a partir de terça-feira

O Plenário da Câmara dos Deputados dedicará todas as sessões deliberativas desta semana - de terça-feira (26) a quinta-feira (28) - para a discussão e votação da reforma política (PECs 182/07 e outras). Hoje uma reunião de líderes partidários, às 18 horas, no gabinete da Presidência, vai definir os procedimentos para a votação da matéria, que deverá ser analisada por partes.

Segundo proposta que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, vai apresentar na reunião de líderes desta segunda-feira, os temas poderão seguir a seguinte ordem: sistema eleitoral; financiamento de campanhas; proibição ou não da reeleição; duração dos mandatos de cargos eletivos; coincidência de mandatos; cota de 30% para as mulheres; fim da coligação proporcional; e cláusula de barreira.

Se prevalecer essa ordem, o Plenário analisará primeiro o chamado “distritão”, modelo que acaba com o atual sistema proporcional para eleição de deputados federais, estaduais e distritais e determina a eleição dos mais votados pelo sistema majoritário.

Caso o “distritão” consiga o apoio de 308 deputados, o Plenário passará para o próximo tema, o financiamento. Do contrário, o Plenário discutirá uma outra opção de sistema, o distrital misto, em que parte das vagas será preenchida pelo sistema proporcional e o restante pelo sistema majoritário. Se esse tema perder, será analisado então o sistema de listas partidárias. E se os três modelos forem rejeitados, mantém-se o atual.

O texto dependerá de emendas aglutinativas que poderão ser apresentadas ao longo da votação. Essas emendas surgem do aproveitamento de emendas apresentadas ao texto original e parte ou não do texto, resultando em nova redação que contenha relação com as emendas usadas como suporte.

Votação na comissão
A votação da PEC 182/07 na comissão especial está marcada para segunda-feira, às 14 horas. Se a votação não ocorrer com celeridade, até a manhã de terça-feira, existe ainda a possibilidade de o presidente da Câmara avocar a matéria para votação diretamente no Plenário.

Mandatos
De acordo com o parecer do relator da reforma política, deputado Marcelo Castro (PMDB-PI), todos os mandatos terão a duração de cinco anos, contra os quatro atuais. Pela proposta, os cinco anos valeriam ainda para os senadores a partir de 2027. O aumento do mandato está vinculado à ideia do fim da reeleição, exceto para os mandatos dos Legislativos municipais, estaduais, distrital e federal.

Para a transição do tempo de mandato coincidir com as eleições gerais unificadas em um único ano, os senadores eleitos em 2018 terão mandatos de nove anos. Atualmente, eles têm mandatos de oito anos.

Conforme o substitutivo do relator, o presidente da República, os governadores e os deputados eleitos em 2018 terão mandatos de quatro anos. Já os prefeitos e vereadores eleitos em 2016 terão mandatos de seis anos. Assim, pela proposta, a partir de 2022, todos os mandatos passarão a ser de cinco anos, com exceção dos senadores, para os quais a regra valerá a partir da eleição seguinte.

Cláusula de desempenho
Quanto à cláusula de desempenho, o relator prevê uma transição nas duas próximas eleições – 2018 e 2022.

Pelo texto, somente a partir de 2027 valerá por inteiro a cláusula de desempenho partidário, pela qual só terão direito a recursos do Fundo Partidário e acesso gratuito ao rádio e à televisão os partidos com representação no Congresso Nacional que obtiverem no mínimo 2% dos votos apurados, distribuídos em pelo menos 1/3 dos estados, com, no mínimo, 1% do total em cada um deles.

Em 2018, terão acesso a recursos do Fundo Partidário e acesso gratuito ao rádio e à TV os partidos com representação no Congresso.

Em 2022, só terão direito a recursos do Fundo Partidário e acesso gratuito ao rádio e à TV os partidos com representação no Congresso que obtiverem, no mínimo, 1% dos votos apurados.

Congresso
Para as 19 horas desta terça, está marcada sessão do Congresso Nacional para analisar cinco vetos presidenciais a projetos de lei. Entre os vetos que devem ser votados está o dispositivo relacionado à lei que restringe a fusão de partidos (13.107/15).

O trecho vetado da lei concedia prazo de 30 dias para os parlamentares mudarem para um partido criado por meio de fusão, sem a punição de perda do mandato. A presidente Dilma Rousseff argumentou que o texto daria aos partidos resultantes de fusão o mesmo caráter de partidos novos.

 


Fonte:
Exibições
Comentários
Deixe seu comentário:
Nome:
Email:
Cidade/Estado:
Sua Mensagem:
Seu Ip:54.167.253.186 - (caracteres restantes: 500)
Cod.
Notícias Relacionadas
  • Câmara Municipal Presta Homenagem à Monique Tupy
  • Polícia Militar Apresenta Gestão de Dados Operacionais do Ano de 2017
  • Presidente da Câmara assume Interinamente a Prefeitura
  • Prova de Estágio da Câmara Municipal de Jacinto
  • Instalação e Posse da Diretoria da Subseção da OAB/MG em Jacinto
  • Consulta Pública Sobre o Parque da Misteriosa
  • Reciclando Atitudes, Repensando o Futuro
  • Audiência Pública Sobre Criação do Parque Estadual da Pedra Misteriosa
  • Passeata Contra a reforma da Previdência
  • Governo de Minas entrega 61 ônibus escolares e 74 ambulâncias para municípios da região
  • Veja as Comissões permanentes da Câmara
  • Posse dos Vereadores, Prefeito e Vice-Prefeito
  • Programação para a Posse dos Candidatos Eleitos
  • Diplomação dos Candidatos Eleitos da Comarca de Jacinto
  • Palestra aos Vereadores Eleitos
  • Câmara Convoca
  • Pauta da Reunião Ordinária do dia 29 de Junho
  • Advogados se reúnem na busca por um Juiz titular
  • 1º Suplente de Vereador é Empossado
  • Postes Estragados no povoado de Conceição
  • Vereadores levam reivindicações ao DNIT e COPANOR
  • DESVIO PROVISÓRIO NA PONTE ENTRE ALMENARA E JACINTO
  • Liberação de Recurso do FNDE
  • Repasse entre Município de Jacinto e Caixa
  • Ser transmissor de verdades
  • Ponte Interditada
  • Novo Comandante tomou posse e já trabalha na cidade
  • Venda de bebida alcoólica em estádios é aprovada em 1º turno
  • Plenário da Câmara vai analisar reforma política a partir de terça-feira
  • Inscrições para o Enem 2015 já estão abertas e vão até o dia 5 de junho.
  • Governo de Minas Gerais libera R$ 33 milhões para emendas parlamentares
  • Pimentel lança Programa de Revitalização e Modernização .
  • Minas Gerais prorroga campanha de vacinação contra a gripe até 5 de junho
  • Minas Gerais prorroga campanha de vacinação contra a gripe até 5 de junho
  • Jovens de 15 a 17 anos serão prioridade na educação
  • Reunião Itinerante Distrito de Conceição
  • Reabertura do Estádio Lerão
  • Estádio Lerão, O Futebol Pede Passagem
  • Manifestação da BR 367
  • Caminhada da Paz
  • Dia Nacional da luta Antimanicomial
  • Entrevista Sobre Medicamentos na Rádio Povo
  • Prova de Estágio da Câmara
  • Mutirão de Limpeza
  • 1ª Feira de Saúde e Nutrição
  • ESTÁGIO DE ESTUDANTES NA CÂMARA MUNICIPAL DE JACINTO
  • Oficinas Terapêuticas de Eventos
  • Educação para o trânsito, educação para a vida
  • 3ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE
  • Jogos de Praia
  • Unidade Móvel de Mamografia
  • Agita Galera
  • Mais repasse para os municípios
  • Conheça o Portal de transparência da Câmara de jacinto.
  • Aumento do Padrão Referencial aos professores aprovado
  • Festa Junina nas Escola
  • Abertas as inscrições para curso de atualização em Língua Espanhola
  • Inauguração da UBS Vida Nova em Jacinto
  • Câmara Municipal realizara nesta , quinta-feira, sessão extraordinária para votação do projetos de Lei de nº 07
  • Reunião na Câmara Municipal de Jacinto amanhã 26/6/2013
Câmara Municipal de Jacinto/MG
Av Antônio Quaresma,10 Centro/(33) 3723.1717
© 2017 - Todos os direitos reservados | sec@camarajacinto.mg.gov.br